top of page

Como Preservar a Vida das Minhocas Californianas

Ainda que as minhocas não sintam dor, a qualidade de vida dela dentro da composteira vai ditar o quanto ela come, cresce e se reproduz. Por isso, nesse artigo você vai ver como preservar a vida das minhocas californianas.


Minhocas californianas e composto orgânico

Quem faz compostagem doméstica sabe bem que as minhocas californianas são as grandes estrelas do processo.

Dessa forma, preservar o bem estar delas é fundamental para que ocorra o melhor processo de compostagem.


As minhocas californianas

As minhocas são vermes anelídeos, e contrário ao que muitos pensam, elas são limpas e trazem apenas benefícios para o meio ambiente.


Elas são as escolhidas para a vermicompostagem por serem capazes de comer o seu próprio peso em resíduos por dia, e são costumeiramente chamadas de "fervorosas" por esse mesmo motivo.


Elas são sempre vermelhas com seus últimos anéis amarelados e em sua fase adulta mede entre 6 e 9cm.


Reprodução das minhocas californianas


De acordo com o Museu Virtual Biodiversidade a maturidade sexual da minhoca californiana é atingida ao terceiro mês de vida. Depois, a cada 10 dias, deposita um casulo que pode conter entre e 2 e 10 embriões, os quais eclodem 14 a 20 dias mais tarde.


Dessa forma, as minhocas californianas produzem entre 90 a 120 casulos por ano, gerando cerca de 500 ovos por ano. Ou seja, se reproduzem rapidamente.


Sendo assim, você recebe cerca de 150 minhocas quando adquire seu Kit Compostex, com um cálculo básico, preservando corretamente a vida das nossas amigas minhocas, em um ano você teria mais ou menos 75 mil minhocas.


Porém, antes que você fique chocado com esse número, saiba que na sua composteira não há espaço e mantimento o suficiente para alcançar esse número. Para obtermos um número real temos a opção de usar o modelo de Verhulst, também conhecido como modelo logístico.


O modelo logístico assume que a taxa de crescimento de uma população é proporcional à sua população atual e à quantidade de recursos disponíveis, mas também se torna limitada pela capacidade de suporte do ambiente.


Isso pode ser representado pela seguinte equação diferencial ordinária:

dN/dt = rN(1 - N/K)


Onde:

  • dN/dt é a taxa de variação da população de minhocas em relação ao tempo (t);

  • r é a taxa de crescimento per capita das minhocas;

  • N é a população de minhocas;

  • K é a capacidade de suporte do ambiente (ou seja, o tamanho máximo da população que o ambiente pode sustentar).


A solução dessa equação diferencial ordinária é:

N(t) = K / (1 + A e^(-rt))


Onde:

  • N(t) é a população de minhocas no tempo t;

  • A é uma constante de integração determinada pelas condições iniciais (ou seja, o número de minhocas em um determinado momento inicial).

  • Usando essa equação, podemos calcular o número de minhocas em qualquer momento t, desde que conheçamos os valores de r, K, N(0) e t.


Note que este é apenas um modelo simples e existem outras equações diferenciais ordinárias que podem ser usadas para modelar a população de minhocas de maneira mais precisa, levando em consideração outras variáveis e fatores, como a qualidade do composto orgânico, a idade e qualidade de vida das minhocas.



Como preservar a vida das minhocas californianas

Elas são pequenos animaizinhos e merecem o nosso cuidado na hora de usufruirmos do trabalho delas.

Sendo assim, vamos para um lista simples de cuidados que devemos ter com as minhocas californianas:

  • Quando o Kit Compostex chegar na sua casa, instale sua composteira em um lugar que não recebe insolação direta. A compostagem chega naturalmente até 50°C, no sol pode passar de 70ºC;

  • Evite excessos de frutas cítricas, por exemplo, abacaxi, acerola, ameixa, laranja, lima, limão, tangerina e outros. Durante a decomposição, esses materiais soltam gáses ácidos que fazem mal para a pele das minhocas e podem queimá-las;

  • Não use serragem com pequenas partículas, use a maravalha, porque as pequenas acabam deixando composto muito compactado e dificultam a transição das minhocas;

  • Não deixe elas sem comida, elas são famintas e comem seu próprio peso por dia, se passarem fome vão fugir das caixas atrás de comida;

  • Não coloque maravalha em excesso na composteira pois o ambiente ficará muito seco e elas gostam de ambientes úmidos;

  • Mas não pode ser úmido demais, isso também dificulta a transição das minhocas, pois fica muito escorregadio (além de gerar mau cheiro na composteira);

  • Não misture espécies de minhocas, pois uma pode comer a outra, mantenha apenas as californianas na sua composteira;

  • Não corte as minhocas, ao contrário do que muitos pensam, ela não se torna duas minhocas, apenas uma parte dela sobrevive.

Essas são as orientações básicas de como preservar a vida das minhocas californianas, vale a pena ler artigos sobre o assunto.

Em conclusão, proporcionando um ambiente agradável para elas aumentamos a velocidade da produção de húmus e de maturação do composto orgânico.


Conte com a Compostex

Se você já é nosso cliente, sabe bem que auxiliamos com todas as duvidas que surgem no dia a dia. Basta entrar em contato conosco via Whatsapp que te atenderemos o mais rápido possível. Clique aqui para ser redirecionado.


E para você que ainda tem dúvidas se deve escolher a Compostex, saiba que além de todo o suporte necessário, as nossas composteiras são as mais completas do Brasil e na aquisição do seu kit você ganha o E-Book Compostagem Doméstica na Prática.


Esperamos o seu contato!

Até a próxima, amigos.

Comentarios


logo compostex
Botão de redirecionamento para o whatsapp
bottom of page